COMO COMBINAR CALÇADOS COM ROUPAS E OCASIÕES

Combinar sapato e roupa

COMO COMBINAR CALÇADOS COM ROUPAS E OCASIÕES

SAPATO VERSÁTIL - CALÇADOS DE TAMANHOS GRANDES OU ESPECIAIS
Tamanhos grandes 41 ao 43


Prezada amiga:

Este post foi desenvolvido pensando em você que adora sapatos e deseja saber como combinar o calçado (sandália, chanel, scarpin, anabela etc) com os vários tipos de roupas e com os vários tipos de ocasiões como festas, trabalho, ida ao shopping, ida ao barzinho etc.

Para cada tipo de calçado, é apresentado suas principais características e como / quando usar. Esperamos que este post possa ajudar a resolver as várias dúvidas de como combinar calçados, roupas e ocasiões.

Um beijo

Sapato Versátil 


SCARPIN - QUANDO USAR

Scarpin

Características:

  • É chamado também de escarpam ou escarpin ou escarpim
  • É um sapato clássico.
  • É fechado na frente, dos lados e atrás, e deixa apenas o peito do pé exposto.
  • Pode ter o bico fino, arredondado ou quadrado.
  • Os saltos medem a partir de 4 cm (médios ou altos).
  • Quando os saltos são finos e altos (a partir de 10 cm) são chamados de stilettos.
  • O salto stilleto é ótimo para alongar a silhueta porém muito perigoso.
  • Este modelo tem como variante a apresentação de uma pequena abertura no bico, expondo parte de um ou dois dedos (peep toe).

Quando usar:

  • Combina com quase todos os tipos de roupa: shorts, saias, tailleur, minissaia e calças.
  • Dá um ar glamoroso ao visual.
  • Os modelos coloridos dão um tom mais moderninho.
  • Use com meias cor da pele ou na cor do calçado.
  • Fetiche total.
  • Deve existir em todo guarda-roupa feminino pois servem em quase todas ocasiões.
  • É sempre elegante.
  • Combina com ambiente de trabalho.

 

ANABELA

Sapapo Anabela

Características:

  • Possui um tipo de salto que pode ser usado no dia-a-dia.
  • É o salto menos prejudicial à coluna.
  • Não saem de moda.
  • Práticos e muito confortáveis
  • Excelente para o dia-a-dia.

Quando usar

  • Combina com qualquer tipo de roupa, saias longas, curtas ou rodadas.
  • Use com shortinho e um cinto diferente que vai estar ultra fashion.
  • Use com macaquinhos ou mini-vestidos pois fica muito lindo.
  • Saltos de madeira, forrados de juta ou algodão, combinam melhor com looks mais casuais.
  • Couro, acrílico, bordados ou metal são ótimos para produções noturnas e festas.


BABUCHE

Babuche

Características:

  • Origem árabe.
  • Também chamado babucha
  • É um chinelo sem salto, geralmente de couro.
  • Super confortável.

Quando usar

  • É excelente para verão e primavera. 
  • Descontraído.


CHINELO
chinelo feminino

Características:

  • É um calçado macio, geralmente com salto baixo, para uso informal, doméstico.
  • A gáspea cobre somente o peito do pé.
  • Pode ser fechado ou aberto na gáspea, sendo muito comum o chinelo de dedo, que se caracteriza por prender-se ao pé através de uma tira que passa entre os dois dedos maiores do pé.
  • É feito de borracha, PVC, couro, palha, tecido ou outro material.

Quando usar:

  • Pode compor parte do traje de banhistas, na ida à praia ou na beira da piscina.


LINHA CONFORT

CONFORT
Características:

  • Os sapatos da linha confort são projetados para oferecer muito conforto, equilíbrio e bem estar aos pés.
  • É uma linha de calçados com muitas clientes fiéis. Após usar calçados desta linha você também ficará fiel ao super conforto destes calçados.  

Quando usar:

  • Se você necessita (a trabalho ou laser) ficar muito tempo em pé durante o dia
  • Se o seu trabalho requer que ande muito diariamente.
  • Se você tem joanetes
  • Se tem pés que incham muito durante os dias e necessitam de calçados com ajustes.

MOCASSIM

Mocassin

Características:

  • Em modelos delicados ou no estilo masculino, o mocassim tem sempre formas modernas e saltos de diversas alturas e formatos.
  • Uma de suas características é sempre apresentar a costura alinhavada para fora (igual como os índios usavam!).

Quando usar:

  • É acessório fundamental para produções esportivas. Combinam com saias curtas, calças de sarja, bermudas e macaquinhos.
  • Calçado polivalente e curinga em qualquer estação, de salto baixo ou altíssimo, os mocassins acompanham todas as silhuetas e tendências.
  • Gostoso para o trabalho e para um visual moderno.
  • O mocassim de salto baixo é ideal para calças compridas e bermudas e pode ser usado com meias curtas ou foscas. Se fabricado em camurça, verniz, couro box ou em estampa animal, é acessório fundamental para produções esportivas.
  • O mocassim de salto médio é um ótimo recurso para as que desejam alguns centímetros a mais. O mocassim de salto alto é luxo para todas as horas. Use com meias foscas e saias mais curtas e combina bem  calças compridas, tailleurs e terninhos.

PEEP TOE

Sapato feminino Peep toe

Características:

  • Possui uma frente mais arredondada, deixando à mostra a pontinha dos dedos dos pés (o nome vem do inglês: peep = começar a aparecer e toe = dedo). Em resumo, é uma pequena abertura no bico, expondo parte de um ou dois dedos.
  • Vários tipos de calçados apresentam o estilo Peep Toe.

Quando usar:

  • É muito utilizado para dar um toque romântico às produções. Use com jeans, saias e vestidinhos pois combina com quase todos os tipos de roupa.
  • Pode ser mais decotado ou não.
  • Por não ter bico, alonga a silhueta.
  • Combina com quase todos os tipos de roupas.
  • É utilizado para dar um toque mais retrô ou romântico às produções.
  • No inverno invista em cores vibrantes como vermelho, berinjela, pistache, azul-royal e mostarda.

RASTEIRAS

Rasteira

Características:

  • São também chamadas de rasteirinhas
  • São frescas,  confortáveis e práticas.

Quando usar:

  • As sandálias rasteiras ajudam a compor uma produção mais despojada.
  • Podem ser usadas com calça (de preferência mais justa), com saia ou bermuda.
  • A tendência ao sapato baixo veio para ficar.
  • Significam brilho, glamour e cor e ganham terreno ao lado de minissaias e shorts atrevidos.
  • Tenha conforto com design moderno.
  • Um calçado que combina com tudo sem fugir das tendências da moda.

SANDÁLIA

Sandália

Características:

  • É uma sola fixada aos pés através de tiras, pulseiras, tornozeleiras, ou outro tipo de cabedal pequeno, que mantenha a característica de deixar a maior parte do pé exposta, ou seja, de ser um calçado aberto.
  • São práticas para o dia
  • É o mais comum e versátil dos tipos de calçados.
  • Seu salto pode ser desde tamanho alto até sandálias sem salto (tipo rasteira ou rasteirinha);
  • Um modelo muito usado hoje é o ousado tipo gladiador, sem salto e com tiras presas ao tornozelo.

Quando usar:

  • Combinam com qualquer visual, todos os estilos de roupa, materiais, alturas e cores.
  • Sandálias de salto alto proporcionam um visual mais sexy e sofisticado pois trazem um fetiche erótico e, por isto, são indicadas para a noite. Quanto mais aberto o modelo, e mais alto o salto, mais sexy será.
  • Não favorece quem tem os dedos muito magros ou redondos.
  • Podem ser usadas com meia cor da pele mas o mais sexy é direto sobre a pele.
  • É necessário ter os pés bem cuidados.
  • As sandálias de amarrar encurtam e engrossam as pernas.
  • Nunca saiu de moda.
  • Mais utilizadas no verão.
  • A sandália tipo gladiador combina bem com shorts, calças largas e vestidinhos.

TAMANCO

Tamanco

Características:

  • Se caracteriza por apresentar um solado de madeira (cepa), sendo que a gáspea normalmente só cobre o peito do pé. Sua gáspea pode ser fechada ou aberta na frente e, eventualmente, ainda pode ter um tira que circunde o calcanhar.
  • Existem também tamancos com solados de materiais sintéticos.

Quando usar:

  • Use na ida ao curso, para passear, ir no shopping e em festas.
  • Use com saias (não muito curtas), vestidinhos, calça, calça capri.
  • Não use com shorts e bermudas.

TÊNIS E SAPATÊNIS

Tênis feminino

Características:

  • Calçado destinado originalmente à prática de esportes, mas hoje de uso geral, sobretudo em atividades de lazer.
  • É um calçado indispensável principalmente para jovens.
  • Confortável, sem salto, básico.
  • Pode ser fabricado com diferentes alturas de cano, tipos de solado e materiais de cabedal.

Quando usar:

  • Use com shorts, bermudas, calças, saias e em qualquer lugar informal, como colégio, cursos, praticar esportes, passeios, almoço descontraído, visita à casa da amiga, ida ao shopping etc.  
  • Não use para sair à noite. Não é apropriado, exceto se for fazer um lanche numa Fast Food ou Pizzaria bem à vontade.
  • Jamais use com calça estilo pantalona.
  • Combina com calça jeans, calça de brim ou jeans capri, calças mais folgadinhas, shortinho jeans, bermudões na altura do joelho, shorts mais compostos e até mais folgadinhos.
  • O sapatênis pode ser usado com jeans. É descontraído e sem compromisso.

MULE 

Sapato feminino mule

Características:

  • Mule significa "chinelo" em francês e é originário de um chinelo marroquino e muito popular na Turquia.
  • É uma espécie de tamanquinho, fechado na frente e aberto atrás, que deixa o calcanhar de fora.
  • Seu bico é geralmente fino (mas também pode ser quadrado).
  • O bico fino traz elegância para ocasiões mais formais e a abertura atrás confere um ar mais casual.
  • Possui saltos medianos (5 cm).
  • É um dos grandes sucessos da moda no momento.
  • Atualmente as versões são mais leves e baixinhas e são fabricados desde couro e camurça (com franjinhas) até os jeans,

Quando usar.

  • É um calçado coringa que vai das ruas à boate e do barzinho ao trabalho.
  • É ideal para visuais mais despojados. Combina com calças capri, vestidos, bermudinhas, calças tradicionais ou curtas  e saias pelo joelho e shorts.
  • Evite mules em ocasiões formais.
  • É um estilo mais informal e deve ser evitado com calças compridas, pois a bainha fica entrando no sapato.
  • As mules rasteirinhas são mais elegantes do que as de salto alto.
  • A mule de salto baixo pode ser usada com calças amplas, como as pantalonas e com saias mais curtas ou na altura do joelho.
  • As calças capri ou mais ajustadas pedem mules de salto um pouco mais alto.
  • Jamais use meia com mule pois a meia escapa do pé e não dá firmeza. 
  • É uma opção confortável e elegante que permite ser usada o dia inteiro e até para um programa noturno.

CHANEL

Sapato feminino chanel

Características:

  • É primo do scarpin.
  • A estilista francesa Coco Chanel criou o modelo para que seu pé parecesse menor. Realmente, dá a impressão que os pés são menores.
  • Sua principal característica é a abertura na parte trazeira e possuir uma tira que passa sobre o calcanhar e abaixo do tornozelo.
  • Pode ter salto alto ou médio.
  • Também apresenta a variação com uma pequena abertura no bico.
  • É famoso pelo bico em cor mais escura que pode ser fino, quadrado ou arredondado.

Quando usar:

  • É um clássico sempre chique e  sempre reconhecido como um calçado de bom gosto.
  • Funciona como uma espécie de coringa nas produções, seja com a dupla jeans e camiseta ou com saias e vestidos longuetes.
  • Combina com roupas clássicas, mas pode dar um upgrade em uma combinação básica.
  • Combina com tailleurs, vestidos, saias e calças curtas.

SAPATILHA

Sapatilha feminina

Características:

  • Inspirada nos sapatos de ballet
  • Confeccionadas em diferentes materiais, cores e estilos.
  • Calçado leve, com saltos baixos. 
  • Ganhou versão "boneca" que é uma versão mais romântica da sapatilha.

Quando usar:

  • Delicada como uma sandália de salto (mas sem o salto) e confortável como um tênis (mas muito mais bonita!
  • Dá um charme ao mais básico dos looks.
  • Combinam com jeans skinny e capri, shorts, minissaias, meia-calça, vestidinhos e bermudas. 
  • Com mais ousadia, podem se jogar nas estampas em oncinha e nos estilos college e vintage.
  • No inverno, invista nos bicos arredondados em verniz ou cetim, com laços, fivelas e muitas cores!
  • É um sapato versátil e pode ser usado com meias grossas ou direto na pele, com um jeans ou vestido.
  • Ideal para calças longas e permitidas também para minissaias e até roupas de festa.
  • A versão boneca é mais feminina e é ideal para saias, calça corsário e blusas com babados e laçinhos.

BOTAS EM GERAL

Bota feminina

Características:

  • É o calçado do inverno por cobrir parte da perna.
  • É um sapato com um cano, ou seja, uma parte traseira que cobre pelo menos o tornozelo, podendo subir pela perna até abaixo do joelho ou além dele.
  • Apresenta vários tipos de bicos, materiais e tamanhos de salto.
  • Dependendo da altura do cano e do modelo pode chamar-se: bota, bota de cano longo, botina ou botinha.

Quando usar:

  • Botas de cano alto e salto fino são mais indicados para pessoas esguias e de pernas longas;
  • Use com saias longas ou curtas, cobrindo ou não o cano, com calças, vestidos e jeans.
  • As botas curtas ou médias são melhores para se usar por dentro da calça.
  • Para um estilo elegante a calça deve cobrir todo o cano da bota.
  • Para um estilo mais esportivo, dobre a bainha da calça jeans, deixando o pé da bota à mostra.
  • Para um estilo despojado use a bota por fora da calça. A calça deve ser ajustada, para evitar as dobras de tecido.
  • Pernas grossas e curtas não ficam bem com botas. Use as botas de cano longo ou curto apenas debaixo das calças ou das saias longas
  • Pernas grossas e longas, use botas de cano curto ou longo com saias, combinando-as com meias escuras e opacas.
  • Pernas curtas e finas, evite as botas de cano longo com saias curtas
  • Para pernas longas e finas todos os tipos de botas estão liberados
  • As pessoas mais baixas devem optar pelos canos de altura média. Combine com saias longas ou calças mais retas.
  • As botas de bico e saltos finos  (com qualquer altura de cano) são indicadas para roupas mais sofisticadas.
  • Botas de bicos mais largos ou levemente arredondados, de salto grosso, ou estilo sapatênis servem para um estilo casual descontraído para calças e conjuntos.
  • As botas estampadas com peles de animais devem ser combinadas com roupas sóbrias. Proibidas para baixinhas e gordinhas.
  • As botas de tecidos finos são especiais para sair á noite com roupas mais sofisticadas


Como usar botas com vestidos e saias ?

  • Para um visual mais alongado, tape com as bainhas o final do cano da bota.
  • Use meias cor da pele, no tom da saia ou da bota, se parte da perna for aparecer entre a bainha e o cano da bota.
  • Vestidos e saias mais requintadas pedem botas com bicos mais finos e saltos mais altos.
  • Nas botas de cano longo prefira as justas ou de stretch que ficam agarradas na perna e não criam volumes nas saias mais longas.
  • Evite combinar botas esportivas com vestidos ou saias clássicas.
  • Use botas de salto médio e grosso com saias longas.

Como usar botas com terninhos e calças compridas ?

  • Calças combinam mais com as botas curtas e médias que não fazem volume nas pernas.
  • O comprimento das calças deve tapar o cano da bota.
  • Não use botas de salto fino com terninhos ou calças para trabalhar.
  • O salto agulha combina melhor com look noturnos.
  • Para um estilo esportivo, use a bainha da calça virada deixando a bota á mostra.
  • As botas devem ser usadas por cima das calças apenas no campo, em rodeios, festas country etc.
  • As botas devem ser estilo country, montaria ou borzeguim e a boca da calça ajustada.
  • É muito sexy usar botas sofisticadas de salto e bico fino com calças jeans

Como usar botas no verão ?

  • Use com saias curtas, shorts, calças compridas e corsários.
  • Combine as botas com a cor da saia ou shorts.
  • Evite meias de nylon. Use meias curtas que ficam escondidas na bota.]

Como e quando usar botas acima do joelho ?

  • É difícil acertar as bainhas com esta altura de cano de bota.
  • Ficam perfeitas com saias curtas, calças justas em qualquer material e shorts.
  • Combinam, de forma elegante, com mulheres que tenham pernas finas e estilo descontraído.
  • Recomendadas para mulheres exóticas, magras e altas.

BOTAS DE CANO LONGO

Bota feminina longo

Características:

  • O cano longo localiza-se por volta de cinco a sete centímetros abaixo dos joelhos.
  • É sempre a bota mais preferida.
  • Achata a silhueta e acentua os contornos das baixinhas e das mulheres de pernas grossas ou muito finas.

Quando usar:

  • Com vestidos e saias de qualquer comprimento,
  • Use meias no tom da saia, da bota ou com meias cor da pele para alongar as pernas,
  • A bainha da saia cobrindo levemente o cano da bota, faz aparentar pernas mais longas,
  • Use cores escuras, se tem as pernas grossas,
  • Use canos ajustados nas pernas ou stretch, em cores neutras nas pernas finas,
  • Use com vestidos estilo "tubinho" e saias retas acima ou abaixo dos joelhos,
  • Use com calças de boca larga ou desenhadas para o uso de botas.
  • Use com salto alto para sair a noite. É sexy e moderno.
  • Ao usar botas coloridas combine com roupas neutras, jeans ou cáquis.

Quando não usar:

  • Evite botas muito trabalhadas pois são difíceis de combinar.
  • Evite calças por dentro das botas.
  • Não use botas com mini saias ousadas, se tiver pernas grossas.
  • Evite calças de boca ajustada que marcam o cano das botas.
  • Evite pernas finas que ficam "dançando" nas botas.
  • Não use botas claras com roupas escuras.
  • Não use botas sociais com roupas esportivas.
  • Não use bota de salto com calças de jogging.

BOTA DE CANO MÉDIO
Bota feminina média
Características:

  • O cano termina na metade da panturrilha.
    Podem fechar com zíper ou no estilo militar (coturnos)

 Quando usar:

  • Combinam com calças, bermudas, Pantacourt, shorts e saias curtas ou longas.
  • Disfarçam pernas finas e tornozelos grossos,
  • Vestem bem mulheres miúdas,
  • Use com saias longas, na altura do tornozelo,
  • Use com calças compridas, desde que o cano fique coberto pela boca da calça,
  • Use com saias mídí em tecido leve, corte evasé ou fendas,
     

Quando não usar:

  • Com saias e vestidos curtos, em pernas grossas ou curtas,
  • Com calças de boca muito afunilada,
  • Se tem perna fina, não use botas com solado grosso e com saias.
  • Salto muito alto ou plataforma em desarmonia com o tamanho do corpo,
  • Em pernas muito finas

BOTA DE CANO BAIXO
Bota feminina cano baixo
Características:

  • Geralmente o comprimento não ultrapassa muito o tornozelo.
  • É moda há muitos invernos.
  • Quem tem pernas perfeitamente proporcionais (longas ou curtas) pode usá-las com qualquer comprimento de saia, caso contrário, ficam mais elegantes com calças ou saias longas.

Quando usar:

  • Com calças de boca reta ou evasé,
  • Com calças de jeans justinhas ou leggings,
  • Com shorts, saias curtas ou no joelho em pernas bem torneadas,
  • Com meias na mesma cor em bainhas muito curtas,
  • Com meias da cor da saia ou pretas,
  • Com meias coloridas (roxa, azul real, oliva, vermelha, cinza mescla) ou trabalhadas com texturas em pernas longas, de dia com qualquer altura de salto. Use os altos para enfrentar a noite.

Quando não usar:

  • Com qualquer comprimento de saia se não tem pernas perfeitas,
  • Com calças de boca muito estreita,
  • Se tem canela fina ou grossa demais,
  • Com roupas clássicas
  • Com saias curtas, se tem pernas finas ou grossas demais.

MARY JANE

Sapato feminino tipo Mary Jane

Características:

  • Conhecido como “sapato de boneca”
  • Tem o bico e o “decote” arredondados
  • Tem saltos medianos ou altos
  • Tem uma uma tira que atravessa o peito do pé

Quando usar:

  • Aparência infantil e sofisticado
  • Combina bem com saias e vestidos curtos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + onze =